Poesias Tarológicas

Arcano 0


Livre como o vento
Ele já não olha mais
Pra trás
Pois não há nada lá
Que o impeça de seguir

Sua bagagem é leve
Suas roupas
Velhas estão
Mas ele já nem liga
Preso a padrões
Não está mais

Ele é um viajante
Sem Destino
Aberto às Surpresas
Do Caminho
Não sabe o que
Lhe vai acontecer
Mas sabe que tem
Muito a aprender

Não teme seu futuro
Por isso lhe chamam “Louco”


Um comentário: